Contos

Conto: Acredite nas suas vontades!

Ao acordar, olhou no relógio e ainda eram cinco horas da manhã, fechou os olhos, mas não conseguiu pegar no sono de novo. Levantou e caminhou até a varanda, naquela escuridão de madrugada, afinal, o sol ainda não tinha nascido. Já que não conseguiria dormir novamente, pegou uma cerveja no frigobar da varanda, se sentou… Continuar lendo Conto: Acredite nas suas vontades!

Anúncios