Contos

Ei, humano…

Ei, você está triste? Não fica não, olha eu aqui. Estou aqui do seu lado, meu amigo. Não gosto de te ver triste, olha eu aqui balançando meu rabinho pra você, viu como estou feliz? Fique feliz comigo! Olha, uma bolinha, vamos brincar, será que assim você volta a ficar feliz? Pelo menos, comigo funciona.

Sabe, eu também tive um dia complicado hoje, sonhei que aquele cachorro enorme da rua de baixo me perseguia e queria me bater. Você não imagina como fiquei tenso o resto do dia, foi difícil, viu.

Eu não entendo como vocês humanos complicam tudo, as coisas não são tão difíceis assim, vocês que não sabem aproveitar tudo da melhor maneira. É sério, vou contar como poderia ser mais fácil..

Sabe por que a gente se anima com tudo? Porque no final, sabemos que podemos ganhar um biscoito e quem na vida não gosta de biscoitos? Não consigo imaginar alguém que não coma biscoitos. Viu, só de falar em biscoito já fiquei com fome de novo, vamos lá pegar um biscoitinho pra mim, humano?

Mas então, sabe por que a gente sempre fica feliz quando alguém chega, nem que tenha saído por cinco minutos? Pois não sabemos se vocês irão mesmo voltar pra gente, então a gente aproveita o máximo de tempo porque amamos muito vocês. É humano, sabe por que a gente gosta tanto de passear? Porque ficamos trancados em casa o dia inteiro, queremos ver o mundo e mostrar pra ele o dono maravilhoso que nós temos.

Dizem que nós somos os melhores amigos do homem, mas tudo o que a gente faz é ficar ao lado de vocês o tempo inteiro, por mais que não falamos nada, estamos protegendo vocês de todo o mal, pois gostamos de compartilhar amor. Seus amigos fazem isso por você? Pode ter certeza, que não vou te abandonar, ao menos que outra pessoa venha com biscoito, aí eu sinto muito, mas sairei do seu lado pra comer meu biscoito, afinal, biscoito é biscoito, né?

A verdade é que nós devemos muito à todos vocês que fazem tudo pelo nosso bem. Nós agradecemos muito por, muitas vezes, nos tirar de pessoas ruins. Falo isso com propriedade, afinal, você me adotou, né humano? Eu sofri muito com aquele outro ser humano, e olha que o amei muito também, mas ele só me fez mal. Até que veio você, me adotou e me mostrou o melhor que a vida tem a me oferecer. Eu amo minha caminha quentinha, meu banho de sol de manhã, minha ração e as vezes que você me dá um pouco da sua comida, é muito gostosa.

Ahhh, tenho que te agradecer também, pelas vezes que cuidou de mim quando eu estava doentinho. Teve dias que achei que ia morrer, e você não me abandonou, então por que eu iria te abandonar agora que você está passando por momentos difíceis?

Então, você não está sozinho, humano. Olha eu aqui, vai ficar tudo bem! Posso não ser eterno, mas vou te amar com todas as minhas forças até o último momento. Vou estar feliz sempre que te ver, vou balançar meu rabinho todas as vezes que você passar por mim. E saiba que vou ficar mais feliz ainda se você vier com biscoito. Eu amo biscoito!

Obrigado por tudo, humano!
Agora, vamos brincar? Afinal, sou um cachorro, né?

Anúncios

Um comentário em “Ei, humano…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s