Relacionamento

Temos que saber esperar!

“Desde quando começou a gostar de meninos, ela sonha com o príncipe perfeito. Quer porque quer começar a namorar, então começa a deixar de ser criança e passa a agir como se já fosse uma pessoa adulta. Quer passar maquiagem, quer usar roupas de gente grande. Coloca na cabeça que quer crescer logo e que é capaz de ter um namorado. Com isso, ela deixa sua infância de lado, não quer mais saber de brincar, perdendo assim, sua essência de criança logo cedo.

Ainda quando está na escola, ela arruma um namoradinho. Eles saem andando de mãos dadas pelos corredores, como se já fossem dois adultos, mas não se beijam, nem nada, afinal, eles só tem dez anos. Ela acaba deixando suas amigas um pouco de lado, pois agora é só “meu namorado isso”, “meu namorado aquilo”. Suas amigas já não aguentam mais e se afastaram, porque sabem que ainda são crianças e só querem brincar. Enquanto isso, ela fica indo onde ele vai: acompanha no futebol, fica com ele e os amigos dele durante o intervalo, não sai de perto dele nem por um segundo. Ela acha que por eles, agora, serem um casal, não podem mais sair de perto um do outro, pois pensa: “não é assim que os adultos fazem?”. Até que, ela viu ele apenas conversando com uma coleguinha e, bateu seu primeiro ciúmes. Pronto, ela já queria ir tirar satisfação, sentiu seu peito doer e seu coração acelerar, achou que era o fim do mundo. Saiu correndo. Jurou que nunca mais ia namorar. Seu namoradinho, por outro lado, não entendeu essa reação dela e foi atrás para ver se ela estava passando bem. Quando chegou perto, ela começou a chorar, dizia que ele já havia trocado ela e que não queria mais ser sua namorada, que ela tinha sido traída. Ele continuou sem entender, mas queria ir jogar bola, só disse “ok” e saiu correndo em direção à quadra. Pronto, tudo acabado com o amor da sua vida. Era o fim!

Ela cresceu, agora está no primeiro ano do ensino médio. Já nem lembrava mais de seu primeiro namoradinho da infância. Agora já estava mais adulta, continuava se vestindo como uma. Logo no início do ano letivo, arrumou outro namorado, um menino novo que entrou na sua sala. Agora eles já se beijavam, já agiam ainda mais como duas pessoas adultas. Viviam juntos pela escola. Como eram da mesma sala, tinham os mesmos amigos e ainda assim, estavam sempre juntos. Agora sim ela havia encontrado o amor da sua vida. Porém, seu sonho caiu por água abaixo quando veio o assunto “faculdade” e que ele queria fazer uma faculdade em outra cidade, pois era melhor para seu futuro. Ela achava tudo um absurdo, já que estavam há três anos juntos, deviam estar pensando em morar junto, em compartilhar a vida um com o outro. Mas ele não desistiu dos seus sonhos e foi fazer faculdade em uma cidade há 130km de distância da dela. Não por que ele queria fugir, mas porque ele precisava seguir seu sonho. Pronto, ela já achou que sua vida era um desastre, que ninguém queria ficar com ela, que ela não estava destinada a ter nenhum namorado. Sua vida tinha acabado!”

Isso acontece quando queremos crescer logo, ignorando as etapas mais importantes da vida, a infância e a adolescência, quando ainda estamos descobrindo quem queremos ser.

Tudo na vida tem um porque. Tem um motivo para acontecer, principalmente, quando se trata de relacionamentos. Não adianta achar que seu namoradinho de infância vai ser o seu príncipe encantado, o amor da sua vida para a eternidade, porque não vai. Vocês ainda estão descobrindo a vida, tem muito o que aprender, é normal. São poucos os casos de pessoas que só tiveram um companheiro durante toda a vida.

Temos que saber esperar, essa é o maior erro do ser humano: não conseguir esperar. Quer tudo na hora, calma! Temos que seguir as etapas da vida, tranquilamente. Esse é o ciclo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s