Contos

Quanto vale o seu negócio?

Já parou pra pensar se você ganha um valor justo pelo seu trabalho? Seja em uma empresa ou então se você é autônomo. As pessoas te pagam o que você cobra? Ou sempre choram que é um preço muito alto e se recusam a pagar?

Ultimamente tenho pensado muito nisso e vou dar dois exemplos para ver se da pra me entender. Bom, vamos lá.. Imagina que você trabalha em uma empresa. Vamos dizer que é uma empresa de porte pequeno, ou seja, tem poucos funcionários, né? Mas é uma empresa que quer crescer bastante no mercado, já faz uns anos que está atuando, mas agora querem se expandir. E, vamos supor que você já está nessa empresa há uns cinco anos e, não é um qualquer lá dentro. Eles confiam bastante em você em várias questões. Porém, cada vez te jogam mais trabalho, mais coisas pra fazer. O que vai te deixando cada dia mais cansado.

Até aí, beleza! Trabalhar é sempre bom, né? Sim, concordo, mas quando você é reconhecido e tem um valor razoável dentro da empresa. O que não é nesse caso. Sério, o que eu vejo de gente reclamando desse tipo de coisa, é até triste. Porque se você é um bom funcionário, não tem porque não te motivarem a ser cada vez melhor. Entende?

Agora, vamos dizer que você é autônomo. Acabou de começar o seu próprio negócio, sem sócio, funcionários, nada. E como está começando, você cobra um valor até um pouco abaixo do mercado, para pelo menos conseguir conquistar as pessoas. Aí, o cliente te procura para saber o valor do seu produto.. você passa um valor e, ele acha caro. Sendo que você já está cobrando a menos que os outros que já estão a anos no mercado.

Por exemplo, vou contar o que aconteceu comigo um dia desses.. Uma pessoa me procurou querendo saber valor para cartão de visitas. O diálogo foi mais ou menos assim:

Eu: “o valor fica tanto”
Pessoa: “mas e o valor da unidade?”
Eu: “como eu disse, faço apenas a arte. Mas posso te indicar gráficas que imprimem e fica ótimo”
Pessoa: “ah, então é tanto frente e verso?”
Eu: “sim. Aí você me manda sua logo, se tiver, e faço como você quiser!”
Pessoa: “não tenho logo”
Eu: “não tem problema. Posso fazer sem, ou se você quiser, eu faço logos também”
Pessoa: “ah, legal. Porque não tenho logo”
Eu: “ok, posso fazer. Porém, o valor do cartão + a criação de uma logo, sobe pra tanto”
Pessoa: “ah, entendi. Vou ver e te falo”

E como sabemos, nunca mais falou nada. E, sinceramente, até prefiro que nem fale. Se uma pessoa não é capaz de reconhecer o trabalho de outra, imagina a dor de cabeça que seria trabalhar para um ser desses?

É impressionante, como uma pessoa quer ser reconhecida no mercado, quer ter seu nome publicado nas redes sociais, com sua identidade, mas não quer pagar por isso. Quer ganhar dinheiro, mas não quer pagar um valor justo pelo trabalho de alguém. Isso soa tão injusto. Uma sociedade tão individualista.

Cara, isso desanima cada dia mais. Essa sociedade em que vivemos, está cada vez pior. Como podemos viver desse jeito?

Anúncios

Um comentário em “Quanto vale o seu negócio?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s