Lifestyle

O inesperado mais triste!

Infelizmente, ontem (11), perdemos um dos melhores jornalistas em um acidente de helicóptero, Ricardo Boechat. O Brasil ficou em luto total. E enquanto eu via as notícias e assistia o Datena falando sobre esse trágico acidente, fiquei pensando em como a vida é engraçada e assustadora ao mesmo tempo.
Não podemos deixar de aproveitar a vida, nem por um segundo. Já que nunca saberemos o dia de amanhã, ou pior, jamais saberemos o que pode ocorrer daqui alguns minutos. Não é assustador? Quem poderia imaginar que ocorreria isso com um dos maiores âncoras da TV Brasileira? É triste demais!
Agora, pensando seriamente em tudo isso. Você tem aproveitado sua vida todos os dias? Tem feito tudo o que gostaria de fazer, independente da questão financeira, você faz o que gosta? Está feliz levando a vida que leva hoje? Não podemos apenas fazer aquilo que não gostamos, porque é o que convém. Não. A vida é curta demais para ficarmos reclamando e não estarmos realmente felizes. Temos que estar felizes, do lado daqueles que amamos.
Abrace aquela pessoa especial, diga que a ama. Diga o quanto ela te faz bem, que sente saudade, que quer sempre vê-la feliz e realizando seus sonhos. Brigou com alguém? Tentem se acertar, peça desculpas se estiver errado, ou, se não for você, pelo menos escute o que ele tem a dizer, perdoe. Qual é a graça de viver uma vida cheia de ressentimentos, de rancor, de frustrações? Não vale a pena.
Ontem ainda ouvi alguém dizer a seguinte frase: “de que adiantou ele [Boechat] ter sido uma pessoa tão boa, se acabou desse jeito?” Cara, presta atenção no que você está dizendo. Sim, esse jornalista foi uma ótima pessoa, sempre ajudou quem precisava, sem precisar ficar se expondo por ai. E, sinceramente? Valeu muito a pena, olha o quão querido ele é pelo público, pelos artistas, por outros jornalistas, enfim.. Olha quantas pessoas se inspiraram nele, tanto para também ser jornalista, quanto para ser uma pessoa melhor. Ele falava o que bem entendia, não tinha medo da mídia. Estava sempre indignado com tamanha corrupção e tragédias no país. Agora me fala, não é bom ser lembrado por ter sido uma pessoa boa? O que aconteceu com ele, não foi porque ele quis, e sim, um acidente terrível. Infelizmente!

Uma coisa sim, eu acho muito injusta: tantas pessoas boas estão indo embora, e tantas pessoas ruins continuam aqui fazendo maldade. Que mundo é esse?

Que Deus conforte o coração dos familiares e amigos. Descanse em paz, Ricardo Boechat!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s