Lifestyle

É tudo muito injusto!

É engraçado que quanto mais vamos ficando “adultos”, as coisas vão se tornando prioridades na vida. Por exemplo, tem a fase em que sonhamos com panelas antiaderentes, só pra fazer o ovo e não grudar. Tem a fase em que procuramos lugares para sentar nas baladas (quem nunca, não é mesmo?). E também tem aquela fase em que focamos tanto no trabalho, em querer crescer e ser reconhecido pelo que fazemos (na minha opinião, essa é a fase mais importante).
E não é a toa que tenho uma raiva, mas uma raiva imensa de pessoas que não possuem nenhuma responsabilidade com as coisas. Principalmente, em questão profissional. Juro que tento, mas não consigo disfarçar quando isso acontece (já contei até dez, já respirei fundo, já fiz o possível pra tentar ficar numa boa, mas sinto muito, não dá). Meu sangue ferve de uma maneira que não sei explicar. Tem gente que fala que isso é birra com a outra pessoa, que é exagero, que sei lá o que. Mas não, não é birra, muito menos exagero. Na verdade, eu acho injusto toda essa irresponsabilidade com os demais colegas de trabalho. Isso, essa é a palavra exata: INJUSTIÇA.
Mas vamos ver se é realmente coisa da minha cabeça, ou se tem gente que concorda comigo (certeza que vai ter gente que concorda).
Você acha certo uma pessoa faltar pelo menos uma vez por semana no trabalho, enquanto todos os outros vão todos os dias, em seus horários certinhos e cumprem com o que está no contrato? Assim, faltar uma vez à cada, sei lá, três meses, por conta de algo importante, ou exame, é aceitável. Mas TODA SEMANA? Sinto muito em te falar, colega, mas você tá morrendo se toda semana tem alguma doença diferente. Melhor sair e ir aproveitar seus últimos dias.
Você acha certo uma pessoa toda semana falar que está doente, que está com isso ou aquilo e não pode ir. Enquanto os demais vão mesmo não estando em seus melhores dias? Mesmo que estejam com gripe, febre, dor de cabeça, dor de estômago, enfim. Você ter dores de cabeça, cansaço, dor no dedinho, dor no fio de cabelo, é totalmente aceitável, mas precisa faltar toda hora por conta disso? Se fosse assim, não precisaria existir empresas, todo mundo trabalhava de casa mesmo e pronto. Na minha opinião, essa doença se chama Frescurite aguda, das bem nervosa.
Você acha certo uma pessoa, quando está em ambiente de trabalho, ficar falando sem parar sobre assuntos aleatórios, atrapalhando a concentração dos demais colegas? Olha, pode falar que isso é “birra” minha, mas não é. Você comentar sobre o final de semana, comentar sobre futebol, uma hora ou outra, é totalmente normal, até mesmo pra descansar um pouco o cérebro de tanto trabalho. Porém, não parar, nem um minuto se quer, de falar sobre sua vida pessoal (porque meu pai isso, porque minha vó aquilo, meu cachorro fez isso, meu papagaio fugiu pela terceira vez no dia..), é irritante e desconcentra. Desculpa!

O pior é que conheço muita gente que é assim, que não está nem aí com nada. Que não tem responsabilidade, nem acadêmica, muito menos profissional. Pessoas totalmente desinteressadas, que acabam tirando a chance de uma outra que quer aprender e crescer na vida. Isso entristece, de verdade. São pequenas coisas que fazem os demais colegas se sentirem desvalorizados no trabalho, ficando no mesmo patamar que aquele que não tem interesse nenhum.
Acho isso muito injusto pelo simples fato de que todo mundo se esforça, levanta cedo, faz suas coisas, faz hora extra quando precisa, mostra serviço e tudo mais. Enquanto uma outra pessoa não está nem ai com suas responsabilidades, chega atrasado, quer ir embora correndo, só reclama, inventa algo para faltar o tempo todo e quer ganhar dinheiro “fácil”. Não acho que seja assim que deveria funcionar.
As pessoas deveriam dar mais valor àqueles que realmente se esforçam e mostram que são bons naquilo que fazem. E aos desinteressados, seus cargos deveriam ser menores, seus salários baixos, para aprenderem a dar valor para as oportunidades que a vida lhe oferece. Isso sim seria justo, tanto para as empresas, como para as pessoas em si, que aprenderiam a ser melhores cada vez mais.

Anúncios

3 comentários em “É tudo muito injusto!”

  1. Concordo totalmente contigo! É muito irritante você tentar finalizar algo, fazer sua parte do dia a dia e fulano poder sempre sair cedo, fulano poder sempre faltar na semana ou não ir aos sabados, e principalmente atrapalhar os outros com fofoca sobre sua própria vida! Eu sinto essa “raiva”, não é coisa da sua cabeça kkk

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s