Contos

Uma carta para minha ex melhor amiga.

Sabe, eu sei que talvez você nem leia isso, mas como sempre, preciso desabafar. A verdade é que eu sinto a sua falta, pode não parecer, eu sei, mas eu sinto e sinto muito. Ultimamente eu venho pensado muito “na gente”. Talvez um “a gente” que não exista mais, mas que um dia existiu e era lindo.
Não sei você, mas eu achava a nossa amizade linda, porque além de melhor amiga, você era como uma irmã pra mim. Alguém que eu sabia que podia contar a qualquer hora, e que não ia apenas passar a mão na minha cabeça, iria sempre me dar broncas e falar quando eu estivesse errada, e era isso mesmo que acontecia, quantas e quantas vezes você não “brigou” comigo por eu estar errada. Ai eu fico pensando: “e dessa vez, eu era a errada?” Na verdade, as duas erraram, mas não vou entrar nessa discussão.
Eu sei que falar que sente falta é fácil, e ai me perguntam: “Se sente tanta falta, por que não vai atrás?”. Por orgulho? Talvez seja. E olha que eu nunca fui fã do orgulho, sempre achei que deveríamos correr atrás dos nossos sonhos, e das pessoas que nos fazem bem. Mas dessa vez é diferente, não sei explicar ao certo, mas é diferente. Talvez pelo fato de ter me machucado tanto, que não tenho mais coragem de me machucar de novo. Porém, isso não impede que eu sinta a sua falta.
Você tem noção de quantas vezes eu quis te ligar só pra saber como você tava, como vão as coisas por aí. Porque por aqui, você sabe, não andam muito bem, e eu só queria minha melhor amiga comigo. Fico pensando se você também sente minha falta, se pensou em me dar parabéns pelo meu aniversário, se terminou de assistir How I Met Your Mother ou se já assistiu aos novos episódios de Supernatural. Eu vejo nas suas fotos e você parece feliz, parece que realmente encontrou alguém que te faça bem, e eu fico muito feliz por isso. Até pensei em curtir, mas isso não vai mudar o fato de que a nossa amizade não vai voltar a ser como era, talvez nem volte a ser uma amizade, talvez não vamos passar de duas conhecidas que um dia foram melhores amigas, mas que hoje não passam de um “nada”. Você tem noção de como isso machuca? Não sei, talvez eu não tenha tido tanta importância assim na sua vida, como você teve na minha.
Sabe, outro dia eu sonhei com você. Sonhei que eu tinha ido na sua casa de surpresa, só pra gente conversar. O sonho pareceu tão real, que quando acordei a minha vontade era te chamar no Whatsapp só pra te contar, e ai a gente iria rir e dizer que tinha sido só um sonho e que nossa amizade era muito forte pra isso. Mas não, lembrei que você poderia simplesmente me ignorar e acharia que eu era estúpida demais por pensar que tudo voltaria a ser como antes.
Enfim, não sei se você pensa que eu te desejo o mal, ou se ainda lembra de mim, mas não, eu não te desejo nenhum mal. Muito pelo contrário, eu desejo que você seja muito feliz. Porque apesar de tudo, você merece. Merece alguém que te faça feliz, merece estar cercada de pessoas que te querem o bem. Porque apesar de tudo, nós passamos por muita coisa boa e eu te amei, muito. E sim, eu sinto sua falta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s