ansiedade

Carta de uma pessoa com crise de ansiedade.

Oi, tudo bem?
Bem, a verdade é que não sei pra quem escrever, mas sinto que preciso desabafar. Desabafar com quem? Pois é, também não sei, não me sobrou ninguém. Mas tudo bem! A verdade é que eu to com medo, juro, to com muito medo. Medo do que está por vir. Eu achava que era forte pra enfrentar e aguentar todos os perrengues da vida (as pessoas ainda falam perrengue? Sei lá, devem falar), mas eu sinto que não sou forte o suficiente. Sinto que não consigo enfrentar tudo isso, é muito pra mim. Parece que eu nasci na vida errada, não devo fazer parte dessa vida, isso tudo deve ser um sonho, será? Fala pra mim que é tudo um sonho, que estou vendo tudo isso pra ter noção do que não fazer na minha vida real, por favor, fala que não preciso aguentar mais tudo isso.

 A verdade é que eu já não aguento mais, não aguento mais chorar antes de dormir e como se não bastasse, não aguento mais chorar ao acordar. Não aguento mais me sentir inútil, como se tudo que eu fizesse não fosse certo. Não aguento mais me sentir mal por não ter com quem conversar, pois parece que ninguém se importa, que você é um peso na vida das pessoas que conhece. É normal se sentir assim? Não, não deve ser. Pois é, olha eu de novo achando defeito em tudo ao meu redor.

As coisas não andam bem, nada bem. Eu sinto que a qualquer momento vou quebrar, você já se sentiu assim? Sei lá, é estranho. Sinto que vou cair e quebrar em pedacinhos, sinto que nada fica bom. Se eu tenho momentos de felicidade? Tenho, mas são poucos e eles duram um, dois dias, depois volta tudo ao normal. Se sentir triste o tempo todo não devia ser normal. Sentir dores no peito, de cabeça, essas coisas não deviam ser normais. Não são né? Não sei. Mas tudo dói e dói muito, dói de um jeito que parece que não vai passar nunca.

Caro remetente à quem não sei quem é, me ajuda. É sério, eu não to mais aguentando passar por tudo isso sozinha, eu vou explodir, juro que a qualquer momento vou explodir e ai já era, não vai ter mais volta. Eu não quero viver assim pra sempre. É um saco. Por favor, me ajuda a não cometer um erro. Na minha mente sou capaz de qualquer coisa pra essa dor passar, e esse é o meu maior medo, de fazer algo estúpido. Me ajude amigo que não sei quem é, por favor, eu imploro se quiser, mas me ajude.

Antes, me responda uma coisa: por quê todos me odeiam? Por quê eu pareço não ser suficiente em nada? Por quê ninguém se importa com nada? Sério, eu sou uma pessoa ruim? Nunca fiz nada pra machucar alguém, se fiz, me perdoe! Mas sou tão ruim assim? Não é possível. Quer saber? Não aguento mais mesmo, pra mim já chega, eu não posso mais suportar isso. Acho melhor parar por aqui.

Mas antes, peço perdão aos meus pais por não ter sido a melhor pessoa e por não ter sido suficiente, se um de vocês me odeia, peço que me perdoe por não ser aquilo que vocês imaginavam que eu fosse. Peço perdão também à minha família, por qualquer coisa e por não ter sido forte o suficiente para que essa dor parasse. Me perdoem, de coração. Queria pedir perdão também aos meus amigos, que são poucos, mas que eu considero do fundo da minha alma. Me perdoem por todas as vezes que me chamaram pra sair e eu tive que recusar, mas não por falta de vontade e sim por não ter coragem de sair e enfrentar o mundo enorme que tem lá fora, me perdoem, vocês foram os melhores e eu não soube retribuir isso. Queria pedir perdão à aquele que eu amo, me perdoe por não ter sido a melhor pessoa, por ter deixado a minha angústia afetar alguma coisa. Eu fui o melhor que pude, só quero que entendam, que por mais que não tenha sido a melhor pessoa, por mais triste que demonstrava estar, nada foi por mal, eu só sinto que não sou o suficiente pra tudo isso, e vocês merecem uma pessoa melhor ao lado de vocês. Me perdoem!

Talvez o meu tempo aqui na Terra tenha se esgotado e eu já tenha completado minha missão aqui. Talvez meu objetivo era mostrar pra vocês tudo aquilo que não deve ser, e se era esse mesmo, acho que completei tudo mesmo. Desejo que vocês sejam muito felizes e que encontrem a paz em tudo aquilo que os confortaEu amo vocês, mas não sou o suficiente pra isso.

Até algum dia. Beijo de uma pessoa extremamente sensível e com crise de ansiedade descontrolada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s